15 Versículos Sobre Casamento

Por Kaio Henrique •  Atualizado: 06/12/23 •  5 min de leitura

O casamento é um grande marco na vida de qualquer pessoa, um momento singular de comprometimento e amor, santificado aos olhos de Deus. Este é o ponto onde duas vidas distintas decidem integrar-se em um único caminho. A profundidade desse vínculo é imensurável. Mas será que realmente entendemos a ótica bíblica sobre o casamento? Quais são os versículos que trazem orientação e luz a este compromisso abençoado? Para esclarecer estas inquietações, reunimos 15 versículos que falam sobre casamento.

Sem dúvida, esses versículos podem funcionar como um manual, a cruz que ilumina nossos caminhos, nos ajudando a perceber qual é o desígnio de Deus para o casamento. Além disso, é necessário refletir: por que é importante entender estes ensinamentos? Por que é relevante conhecer a visão de Deus para o casamento? Quão relevante pode ser para nosso casamento entender esses princípios? Sigamos adiante e nos aprofundemos.

1. Entendendo o propósito do casamento

Um ponto de grande importância, sem dúvida, é compreender por que Deus instituiu o casamento. Qual o propósito de tal constituição divina? Para deslindar este mistério, vejamos dois versículos de grande relevância. São eles: “Assim, eles não são mais dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separa.” (Mateus 19:6) e “O homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.” (Gênesis 2:24). No entanto, como interpretar estes versículos? O que eles nos dizem sobre o casamento no contexto cristão?

a. A Sagrada União

A mensageira dos versículos aponta para um fato: duas pessoas se tornando uma única entidade, o que destaca que o casamento é mais que um mero acordo, é uma união sagrada. Entendemos, portanto, que o casamento vai além de um contrato, possui um caráter sacramental. Em que aspectos essa concepção pode influenciar nossa vida de casados? O que ela implica para nós?

Isso nos mostra que devemos levar nosso casamento como uma relação especial, valorizando nosso cônjuge acima de tudo, este deve ser o centro de nossos afetos, e deve ser respeitado acima de todas as coisas. Uma questão que naturalmente surge é: temos dado a devida importância ao nosso cônjuge em nossa vida cotidiana?

b. O Caráter Indissolúvel

O versículo de Mateus afirma categoricamente que “o que Deus uniu, ninguém separa”. Isso ressalta a seriedade do casamento diante de Deus e seu caráter indissolúvel. Mas como incorporar esta perspectiva em nosso cotidiano de casados? Como garantir que essa orientação divina esteja presente em nossa rotina e no nosso relacionamento?

Sabemos que dificuldades surgirão, mas é vital lembrar deste compromisso e buscar a resolução do problema, ao invés de procurar a saída fácil, quebrando suas promessas. Portanto, a constância e a fé em Deus irão fortalecer a relação matrimonial nas adversidades. Será que temos olhado para nossas crises com este olhar?

2. O amor no casamento

Outro componente vital do casamento é, definitivamente, o amor. Muitos são os versículos que falam sobre amor, contudo alguns são de grande relevância quando se trata de casamento. “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.” (1 Coríntios 13:4). Mas o que realmente significa ser paciente e bondoso em um casamento? Como traduzir esses sentimentos na prática da vida a dois?

a. A Paciência no Casamento

A paciência é uma virtude primordial no casamento. Como o versículo de Coríntios nos lembra, o amor é paciente. Isso também é aplicável em nosso dia a dia matrimonial, sendo fundamental para superar desafios e crescer enquanto casal. Como a paciência pode ser manifesta no cotidiano a dois?

Seja na resolução de conflitos ou simplesmente na rotina diária, é importante lembrar de ser paciente, resolver as questões com calma e respeito, e evitar a tentação de descarregar o stress e frustrações no cônjuge. Você tem exercido a paciência no seu casamento?

b. A Bondade no Casamento

Juntamente com a paciência, a bondade também é um aspecto crucial do amor no casamento. Ser bondoso implica em ser generoso e atencioso com o seu cônjuge. Como a bondade pode ser exercida no dia a dia? Como ela pode ser expressa através de pequenos gestos e ações?

Pequenas atitudes podem ser uma demonstração de bondade – fazer algo pelo outro que ele não gosta de fazer, oferecer palavras de incentivo quando ele ou ela está se sentindo desanimado. Estes são gestos simples, mas que reforçam a sua atenção, carinho e respeito. Será que estamos sendo suficientemente bondosos com nosso cônjuge?

Em resumo, os versículos citados nos oferecem uma perspectiva divina sobre o casamento, mostrando os valores que devem ser cultivados nessa relação: o respeito à união, o comprometimento com a indissolubilidade, a paciência e a bondade no trato diário. Entender esses princípios nos ajudará a fortalecer nosso próprio casamento, conduzindo a um relacionamento feliz e harmonioso aos olhos de Deus.

Por isso, no blog EuEscolhiCristo, nos esforçamos para trazer a você uma reflexão bíblica sob variadas temáticas, incluindo o casamento. Nossa esperança é que você possa levar estes ensinamentos para sua própria vida, construindo um casamento sólido e enriquecedor. A partir do entendimento da visão de Deus para o casamento, todos nós podemos fortalecer nossos laços conjugais e fazer escolhas que glorificam a Deus em nosso dia a dia.

Kaio Henrique

Tenho 28 anos, sou da igreja Por Amor em São Caetano, participo efetivamente do ministério infantil. Entendo que meu chamado é servir onde estou e onde for levado