Dia a dia, Meditação/Leitura Rápida

Celebração É O Antídoto Para A Inveja

Desenho de Caim e Abel oferecendo seus sacrifícios para Deus.

O Senhor olhou com favor para Abel e sua oferta, mas Caim e sua oferta, ele não olhou com favor. Então Caim estava com muita raiva e seu rosto estava abatido. Então o Senhor disse a Caim: “Por que você está com raiva? Por que seu rosto está abatido? Se você fizer o que é certo, não será aceito? Mas se você não faz o que é certo, o pecado está agachado à porta; deseja tê-lo, mas você deve dominá-lo.””- Gênesis 4: 4b-7

Eu tive uma conversa muito honesta e refrescante com um amigo que estava envergonhado em admitir que ele pensava estar lutando com ciúmes. Ele não tinha certeza se era ciúme ou se era apenas uma emoção passageira. Seus sentimentos “inseguros” foram direcionados a um colega de trabalho que estava recebendo muito mais atenção do chefe. Ele sentiu que estava constantemente lutando por tempo com o chefe e raramente conseguia, enquanto o colega de trabalho recebia tempo com o chefe repetidamente.

Infelizmente, tive alguma experiência pessoal com essa emoção e dei a ele meu indicador de “como saber”. Não pretendo simplificar demais, mas disse a ele que, quando um amigo ou colega de trabalho é bem-sucedido e você não pode comemorar, é um sinal de que está lidando com ciúmes.

Imagem com céu no fundo. Pessoa segundando balões coloridos com a mão para cima.

Nas Escrituras de hoje, lemos sobre Caim, que estava com ciúmes de Deus ter aceitado o sacrifício de seu irmão Abel, mas não o seu. Caim, que não comemorou o sucesso de Abel, rapidamente se tornou amargo, atacando Abel e matando-o. Não é exatamente um final de conto de fadas, certo?

Quando o ciúme reside em sua alma, lentamente endurece seu coração e, eventualmente, produz um impacto negativo em sua vida. Mas, quando a celebração se torna um hábito, o ciúme não cresce e conquista sua alma. Dessa maneira, você evita criar rivais de pessoas inocentes. Você está dizendo: “Não vou permitir que o ciúme tenha livre reinado em minha vida”.

Encorajei meu amigo a adquirir o hábito de comemorar o sucesso de seu colega de trabalho. Eu o desafiei a começar a trabalhar nisso, mesmo que ele não estivesse com vontade. O sentimento geralmente segue a ação. “Eu não acho que você pode esperar até sentir vontade de comemorar os outros”, eu disse a ele, “você tem que comemorar até sentir.”

Ficou com ciúmes? Tente comemorar. Continue comemorando. Não compare o que você sabe sobre sua própria situação com o que você pensa que conhece sobre a outra pessoa. Lembre-se de que Deus não o compara aos outros. Ele te ama do jeito que você é! Saber disso é outro ótimo motivo para comemorar!

FICANDO MAIS PROFUNDO:

1. O que torna o ciúme uma emoção tão comum na vida das pessoas? Se os efeitos do ciúme têm um impacto negativo, por que você sente que é uma emoção tão comum?
2. Na sua vida, com quem você mais luta com sentimentos de ciúmes? Quais são algumas das maneiras pelas quais você pode celebrar essa pessoa?

LEITURA ADICIONAL:

“O furor é cruel e a ira impetuosa, mas quem poderá enfrentar a inveja?”
Provérbios 27: 4

Abençõe outras pessoas:

Deixe uma resposta

Theme by Anders Norén

RECEBE MAIS TEXTOS E MEDITAÇÕES COMO ESSE NO SEU E-MAIL

NÃO PERCA A CHANCE DE SER ABENÇOADO!!