É isso mesmo que você leu! O amor não é tudo o que você precisa. Foi chocante para você? Segundo Tim Keller, em seu livro “deuses falsos”, esse choque é devido à idolatria do amor romântico que a cultura contemporânea criou. As comédias românticas e a música pop pregam: “Você não é ninguém até que alguém o ame”. O amor e o casamento se tornaram um ídolo; um novo redentor que substitui o lugar de Deus nos corações.
Keller também diz que a paixão pode muito bem funcionar como uma espécie de droga, usada para fugir das dificuldades da vida. Não é que o autor seja um descrente do romance, na verdade, ele está chamando atenção para a grande catástrofe que é idolatrar o amor e o quanto isso nos impede de desfrutar de um relacionamento verdadeiro e saudável, como Deus planejou.
“Fazer do amor um ídolo pode significar permitir que o ser amado explore e abuse de você ou talvez cause uma terrível cegueira para as patologias do relacionamento. Uma ligação idólatra pode motivá-lo a violar todos os limites justos e adequados. Praticar a idolatria é ser um escravo”.
Apenas quando entendermos esta verdade espiritual, seremos capazes de fazer boas escolhas na nossa vida amorosa, construir um relacionamento saudável e amar alguém pelo que a pessoa é, e não porque ela é usada para sustentar nossa autoimagem.
“Só existe um par de braços que lhe dará todo o desejo do seu coração e esperará por você no fim dos tempos: JESUS”. – Tim Keller
Photo by Grzegorz Rakowski on Unsplash
 

source