“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”  Marcos 12:30-31
Conhecemos muito bem esses versículos e já ouvimos muitas pregações a respeito. 
Muito se fala sobre amor ao próximo nos dias de hoje. Mas o texto fala em amar ao próximo como a ti mesmo, ou seja, devemos nos amar, antes de amar alguém.
E se tratando de solteiros, muitos  querem encontrar alguém que os ame, que os cuide. O ser humano nasceu com o desejo de ser amado.
Mas como esperar que alguém te ame, se nem você se ama?
Não há amor-próprio sem amar a Deus primeiro. Assim como não há amor ao próximo, sem se amar primeiro.
Nos versículos lemos sobre isso. Primeiro,devemos amar a Deus acima de todas as coisas e depois, amar ao próximo como a nós mesmos.
Só a pessoa que se ama, consegue amar os outros e demonstrar esse amor 
Enquanto você continuar achando que precisa do amor de outra pessoa, enquanto continuar achando que as pessoas precisam te amar, nada vai mudar. 
Enquanto não aceitar o amor de Deus, nada vai mudar.
A visão deve ser o oposto: eu preciso amar as pessoas. O amor começa no meu coração. Em primeiro lugar porque eu sei que sou amada por Deus. Não sou apenas uma criatura, sou filha dEle, Ele se fez carne e morreu por mim. Isso é amor. 
Eu sou amada por Deus, assim esse amor deve fluir através de mim, passando por mim, ou seja, vou amar as pessoas porque eu me amo.
Não coloque a chave do amor-próprio no bolso de outra pessoa que não seja você. 
Com amor, Pati Geiger
Instagram: @patriciageiger

(27) 98120-0025

source