Queridos jovens, sempre somos desafiados a fazer escolhas, quando crianças nossos pais fazem as escolhas para nós, quando adultos fazemos as escolhas, mas já acumulamos uma certa experiência para fazer a escolha certa, entretanto, na adolescência e na juventude, quando as escolhas são fundamentais para futuro, muitas vezes, pela falta de experiência, o jovem é levado a escolher erradamente e por vezes essas escolhas irão acompanhá-lo para o resto da vida.

No exemplo bíblico de Josué e o povo israelita, aprendemos como fazer uma escolha que dê certo. Portanto, peço a sua atenção na leitura do texto abaixo:

No último capítulo do seu livro, Josué, já com 110 anos,  tendo completado a sua missão como líder que conduziu o povo israelita na entrada para a terra prometida, e agora que se preparavam para tomar posse dela, reúne todo o povo, às margens do Jordão,  e o desafia a uma renovação da Aliança para com Deus.

Era uma decisão difícil e desafiadora, porém necessária, pois o povo mantinha uma cultura  influenciada pela idolatria e paganismo, remotas dos caldeus, desde os tempos de Ur e dos egípcios, na época da escravidão.

Desde o início da jornada de Abraão e até aquele momento, em que estavam todos reunidos para ouvir Josué, sempre conviveram e ainda iriam  conviver com a influência idólatra dos amorreus e dos demais povos que viviam naquela região.

Impunha-se naquele momento, tomar uma decisão e uma posição.

A resposta do povo, foi imediata: “ Longe de nós abandonarmos o Senhor para servirmos outros deuses”.

Ainda hoje, a decisão de Josué,  “Eu e a minha família serviremos ao Senhor”, ressoam como uma tomada de posição diante das tentações do maligno.

Lembro-me quando morei na cidade do Recife, na praia de Candeias, naquela época, ainda semi deserta, não muito longe da minha casa, havia uma colônia de pescadores, que saiam com suas jangadas à tardinha e  passavam a noite toda no mar, pescando. Moravam em uma dezena de casebres com paredes de barro, cobertos com folhas de coqueiros, não havia portas nem janelas, apenas buracos. Mas, um dos barracos se destacava dos demais, tinha porta, janela e até cortina, sua frente era cercada por uma cerca tosca  para evitar que galinhas, porcos e cachorros entrassem nela. Em cima da porta, pregada uma tabuinha escrita à mão com os seguintes dizeres: “Eu e a minha família serviremos ao Senhor”. As mesmas paredes de barro, o mesmo telhado de folhas de coqueiros, a mesma forma de ganhar o sustento através da pesca, mas, ele e sua família serviam ao Senhor e essa era a DIFERENÇA!

Quais as escolhas que você tem sido desafiado a fazer?

Em nossa vida somos sempre desafiados a fazer escolhas, seja na vida pessoal, familiar ou profissional, e na vida espiritual não é diferente. Assim como o povo israelita foi desafiado por Josué a fazer a sua escolha, somos de igual forma, desafiados a fazer as nossas escolhas.

Quais escolhas você tem sido desafiado a fazer? Tem se deixado influenciar pelos deuses deste mundo materialista, idólatra e corrompido pelo pecado? Ou  à semelhança de Josué e daquele desconhecido e humilde pescador lá de Candeias, têm escolhido caminhar e servir a Deus?

Você vive o seu presente e prepara o seu futuro através das escolhas que estará fazendo em sua vida. E a melhor maneira de fazer as escolhas certas é estar buscando a PALAVRA DE DEUS, viver uma vida de ORAÇÃO, congregar em COMUNHÃO com os irmãos, buscar APRENDER E CRESCER MAIS, frequentado a Escola Bíblica Dominical e a reunião dos grupos da sua idade. Praticando assim, você é comparado,  ao homem que construiu a sua casa sobre um bom fundamento e nada poderá destruí-la.

Decida servir ao Senhor e incentive aos seus queridos a fazerem igual escolha. Sem dúvida essa é A MELHOR ESCOLHA da nossa vida: JESUS CRISTO.

Uma semana vitoriosa e de escolhas certas em Jesus Cristo

Pastor Paulo