Dia a dia, Meditação/Leitura Rápida

Lapidando Para Servir

Fundo preto. Imagem de um diamante lapidado.

Ultimamente os crentes possuem um zelo exuberante, mas pouquíssimo conhecimento. É normal que a sua vontade de servir ao Senhor seja grande, mas que seu caráter cristão seja lamentavelmente escasso. É como uma estagiária em enfermagem que chega ao hospital com seu uniforme novo e engomado, os sapatos brilhando, e os cabelos minuciosamente presos num coque perfeito! Ela fica animada e impactada por estar ali! Seu exterior mostra um visual profissional e competente. Porém, as aparências enganam.
Se ela não tiver plena consciência de suas limitações, seu trabalho pode ser extremamente arriscado!

No começo da minha caminhada cristã eu era como aquela jovem estagiária de enfermagem, animada e muito ativa. Desejava servir ao Senhor por meios grandiosos. Imaginava que logo seria como aquela famosa professora de estudos bíblicos de quem ouvira falar, cujas classes dobravam em frequência a cada semana. Logo não haveria mais espaço para novos frequentadores.

No início da minha conversão fui abordada por uma senhora de nossa igreja chamada Linda. Ela sentiu um desejo de dirigir um grupo de estudo bíblico em sua casa. E me disse: “Você quer dar o estudo?” Pensei: “será que sou capaz?” Com grande animação respondi: “Quero sim!!!”
Linda e eu convidamos nossas amigas, vizinhas e todos que tivemos chance de convidar. Nosso estudo era às quartas-feiras pela manhã, e no começo estávamos com duas ou três senhoras. Ensinei o Evangelho de João, versículo a versículo. A frequência era pouca e instável.

Uma semana, em particular, chamou minha atenção. Tivemos oito senhoras firmemente dispostas a voltar na quarta-feira seguinte. Dediquei-me ainda mais na preparação do estudo, e Linda preparou a casa. Quando chegou o dia, Linda levantou mais cedo e fez biscoitos de calabresa. Quando cheguei, os aromas do café e da calabresa estavam irresistíveis! Ficamos tão animadas! Oramos e esperamos com grande expectativa cada uma das convidadas chegar.
A hora chegou, e a hora passou… Ficou muito tarde e decidimos encarar a realidade: ninguém veio! Minhas vontade era de chorar. Linda disse: “Talvez o Senhor não queira que tenhamos um grupo de estudo bíblico”. Minhas expectativas de ver grandes grupos de senhoras ouvindo meus estudos estavam destruídas bem diante dos meus olhos. Não contentes, ao invés de cancelarmos os estudos, decidimos tirar uma semana para orar e depois faríamos pelo menos mais um estudo.

Imagem de um pé estendido sobre uma bacia. O pé é lavado por outra pessoa que o segura pela mão esquerda e joga água sobre o pé com a mão direita.

Na outra semana, fiquei extremamente ansiosa pensando no que o Senhor estaria por fazer. Agora, olhando para trás, parece-me óbvio o que Deus estava fazendo. Ele estava começando a moldar o meu caráter, e protegendo aqueles grandes grupos de senhoras (muitos dos quais, a propósito, nunca vieram) de minha imaturidade na doutrina e no caráter. Eu olhava o presente, mas Deus contemplava todo o meu futuro, e começava a me preparar para servi-lo. Naquele tempo, meu zelo sem conhecimento ou sem caráter moldado era tão arriscado quanto aquela enfermeira iniciante, desenfreada.

Abençõe outras pessoas:

Deixe uma resposta

Theme by Anders Norén

RECEBE MAIS TEXTOS E MEDITAÇÕES COMO ESSE NO SEU E-MAIL

NÃO PERCA A CHANCE DE SER ABENÇOADO!!