No meu último texto, falei sobre o fato de muitas pessoas despertarem o amor em alguém e não corresponder a esse amor, ou seja, a defraudação.
Fiquei impressionada com o quanto de comentários de pessoas que já passaram por isso, foram iludidos por um falso amor, por promessas vãs. Sofreram, pelos sonhos despedaçados por alguém que não agiu da forma correta.
Mas como proceder então? As pessoas dentro das igrejas, e principalmente os jovens solteiros, precisam olhar para os outros como seus irmãos ou irmãs.
Isso é bíblico, onde Paulo aconselhou aos jovens solteiros:
“…trate os jovens como a irmãos; as mulheres idosas, como a mães; e as moças, como a irmãs, com toda a pureza.” 1 Timóteo 5:1,2
Muitos dos problemas que vejo no meio dos solteiros, poderiam ser evitados, se as pessoas seguissem esse conselho.
Portanto, não trate todo mundo que você conhece, como se fosse seu futuro cônjuge
Sei bem como é difícil. Quando eu era solteira e conhecia algum rapaz que eu achava interessante, eu já começava a perguntar a Deus: será que é ele meu futuro marido?
Depois de um tempo eu percebi o quanto esse pensamento é errado e egoísta, sendo que só mostrava meu desespero em ter alguém, em vez de realmente conhecer alguém e deixar Deus guiar meus passos.
Muitas vezes vemos amor onde não existe, porque não damos lugar à amizade. É muito fácil de apaixonar ao conhecer alguém interessante, mas é totalmente desrespeitoso não tratar essa pessoa como se fosse seu irmão ou irmã em Cristo.
Somos um só corpo, uma só família. Já parou para pensar que ao ficar flertando com alguém, ao ficar iludindo alguém, ao dar em cima de alguém, na verdade você pode estar fazendo isso com a futura esposa / esposo de outra pessoa?
Moço, trate e respeite as moças como suas irmãs. Trate-as como você gostaria que a sua irmã fosse tratada. 
Moça, trate os rapazes como seus irmãos.
E acalma esse coração, para não ver amor onde é apenas amizade.
 
Com amor, @patriciageiger


(27) 98120-0025

source