Por todo o mundo existem pessoas que se denominam cristãs. E de fato, se nós perguntássemos às pessoas de nosso bairro se elas são cristãs, a maioria responderia rapidamente que sim, enfaticamente. Porém, se tornássemos a perguntas para essas pessoas se elas são discípulos de JESUS, muitas não iriam responder tão rapidamente como da primeira vez, e os mais sinceros diriam que não são!

Essa divisão é problemática. De fato, muitas pessoas não querem ouvir sobre ela e muitos pastores também não preguem, não há distinção entre um cristão e um discípulo de Jesus. Cristãos são discípulos. Um discípulo confia em Deus e vive sua vida baseada nessa confiança, seguindo Cristo e crescendo em graça e conhecimento (2 Pedro 3:18). Seu chamado é claro: “Se alguém† quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”. (Mateus 16:24).  Se estamos genuinamente confiando em Cristo, nós o seguiremos, mas se não o estamos seguindo, isso significa que não confiamos nele. Da mesma forma, se conhecermos o evangelho, nós vamos nos esforçar para andar de uma maneira que seja digna do evangelho (Filipenses 1:27); se o Espírito Santo habitar em nós, andaremos no Espírito (Gálatas 5:25); se estivermos unidos a Cristo, daremos frutos em Cristo (João 15:1-11); se amamos a Cristo, obedeceremos a Cristo (João 14:15); se formos justificados pela fé e somente pela fé, nossa fé não permanecerá inerte, mas resultará em uma vida de fé, arrependimento e boas obras, que Cristo preparou de antemão para que andássemos nelas (Efésios 2:8-10; Tiago 2:14-26).

Na grande missão, Deus nos chama para fazer discípulos por todo o mundo, e seu chamado não inclui apenas o evangelismo e ver os perdidos nascer de novo em Cristo, mas também assegurar que aqueles que estão em Cristo sejam discipulados em Cristo. De diversas formas, é aqui que  a igreja não tem perseverado, tanto nos campos locais, quanto no campo missionário. A igreja tem gerado muitos convertidos e muitos obreiros, mas tem falhado na tarefa de gerar discípulos. Nós que fomos tornados discípulos por meio da graça, somos chamados a ir e fazer discípulos em nossos lares, nossas igrejas, nossas comunidades e todas as nações, pela graça de Deus e através do poder do evangelho de Deus, e tudo para a glória de Deus.