Instrua o homem sábio, e ele será ainda mais sábio; ensine o homem justo, e ele aumentará o seu saber. Provérbios 9:9

Eu vou ser honesto com vocês, eu não sou o melhor tomador de decisões. Às vezes, eu sou muito impulsivo, eeee depois de eu tomar uma decisão não tão boa, muitas vezes eu me pego pensando: “Se eu tivesse…”.

Acho que, “se eu tivesse” aparece em um monte de conversas minhas com as pessoas, onde é claro que elas vivem no mar do peso de suas decisões, que tomaram durante suas vidas. “Se ao menos eu não tivesse aquela oportunidade adultera” “Se ao menos eu tivesse dito não ao enriquecimento ilícito” “Se ao menos, eu não tivesse feito tanta dívida ” “Se ao menos eu tivesse casado com um cristão” “Se eu tivesse dito apenas a verdade” “Se ao menos, eu tivesse ouvido seu conselho”.

A boa notícia é que nós podemos aprender a tomar melhores decisões. Eu amo a passagem de hoje, a palavra de Deus, nos instrui a deixar nossas maneiras tolas para trás e depois irmos aprender a ser sábio. De acordo com essa passagem, estamos em vantagem, cabe a nós optar por deixar nosso passado para trás e perseguir a sabedoria.

Quando existe tempo para tomar uma decisão, aqui está o primeiro passo, falar com Deus, pode parecer clichê de crente dizer algo simples como “Fale com Deus”, mas eu estou supondo que poucas pessoas realmente fazem isso, pense nisso, quando você enfrenta uma grande decisão pela frente, você realmente ora com todo seu potencial e diz, Deus eu preciso de sua ajuda com isso, eu não posso tomar essa decisão sozinho (a), eu preciso da sua sabedoria sobrenatural.

Eu acho são poucas coisas que deixa Deus mais feliz que ser convidado a vir do nosso lado e nós ajudar a tomar uma decisão com sabedoria. Em Tiago 1:5-7 lemos que, se falta sabedoria para algum de nós, basta pedimos que Deus nos dá livremente, sem censura, sem medida. Mas quando você pede, deve acreditar e não duvidar, porque aquele que dúvida é semelhante a onda do mar, levada e agitada pelo vento. Essa pessoa não deve esperar receber coisa alguma do Senhor. A melhor forma de tomar decisões, é consultando Deus.

Eu tenho buscado fazer isso em todas as decisões importantes de minha vida, já quis abrir um novo negócio diversas vezes, mas enquanto não sinto um confiança vindo dos céus. Prefiro perder a oportunidade.

Embora seja sempre uma boa ideia procurar conselho de amigos de confiança, aconselho sempre que consulte o mais amigo de todos e o mais sábio e confiável de todos: Deus, fale com ele em primeiro lugar e bem provável que ele até use um amigo ou conselheiro para lhe responder. Não há necessidade de viver na lama do “Se eu tivesse”.

Deus está sempre pronto para escutar e pronto para lhe dar sabedoria.

SE QUESTIONE:

  1. Quais são as maiores decisões que você enfrenta hoje?
  2. Você já falou com Deus sobre essas decisões? Se não, por que não?

LEITURA ADICIONAL:

Provérbios 2: 6; Provérbios 22: 3; Provérbios 3: 13-18